» Comunicação e flexibilidade Marcia Dolores

Comunicação e flexibilidade

by Márcia Dolores em 22 de fevereiro de 2013 | 15:06

Uma das habilidades mais importantes para interagirmos com o outro é a comunicação.

O ato de comunicar pressupõe paciência para conseguir flexibilizar seu jeito e perceber o que, para a outra pessoa faz sentido.

Chamamos essa capacidade de flexibilizar de empatia, quando uma pessoa verdadeiramente consegue se colocar no lugar do outro, criando mais chances de interagir com sucesso.

O ato de comunicar também requer uma disponibilidade de tempo e de vontade para abrir-se para o outro e buscar a melhor forma de estabelecer o contato.

Tem pessoas que compreendem melhor através do canal visual. Habitualmente são pessoas que valorizam tudo que é visível aos olhos e que possuem um senso de estética.

Falam e utilizam as palavras ligadas ao visual, como visível, visão, veja vislumbre e perspectiva, estes são exemplos de algumas palavras vinculadas ao canal visual.

Quando as pessoas têm preferência pelo canal visual, tem a vestimenta sempre esteticamente pensada, buscam combinar as cores com os detalhes, tem uma apresentação que valoriza o que o visual e imagem.

Sua comunicação é ágil, com movimentos e vivacidade ao falar e agilidade no pensamento por considerar a informação de forma visual.

Então quando você está diante de alguém que preferencialmente utiliza esse canal, é sensato utilizar essa forma de comunicação, para obter empatia e desenvolver melhor a interação.

Valorizar as imagens numa apresentação, ou estar bem vestido com uma linguagem objetiva e ágil, pode facilitar a empatia nestes casos.

Agora se a pessoa tem como o seu canal preferencial o auditivo, teremos outra forma de interagir. Habitualmente, a palavra e o tom terão uma importância muito grande.

Cada palavra e a forma como é dita, inclusive a forma de falar de pessoas que funcionam mais no canal auditivo é um volume mais baixo que as que atuam mais no visual.

Quando uma pessoa atua no canal auditivo, é pausada em suas colocações, fala com tranquilidade e se sente muito desconfortável ao ser interrompido.

Também considera cada palavra que lhe é dita com significado, observando a forma e o ritmo.

Apreciam a harmonia dos sons e movimentos, e tem habitualmente movimentos mais suaves e com ritmo.

A forma de vestir se pode ser mais discreta, e zelando pela harmonia.

Para uma comunicação promissora, é fundamental escolher as palavras e a forma que serão entregues, pois elas são valiosas, assim como o ritmo, sem acelerar.

Escreva a informação, entregue por escrito e terá mais envolvimento do outro.

E existem pessoas que optam em se comunicarem utilizando mais o canal sinestésico que envolve tato, olfato e paladar. Habitualmente quando uma pessoa está utilizando esse canal como preferencial, ela busca o agradável, um ambiente aconchegante é fundamental para ela.

Valoriza o contato próximo, valoriza o toque no braço a proximidade de acordo com o contexto e vínculo.

É essencial comunicar através dos sentimentos e sensações.

Podemos falar sobre eles com um volume mais grave, um ritmo mais suave ainda, valorizando o sentir e o que é agradável.

O ritmo pode ser mais vagaroso comparado a uma comunicação com alguém que está atuando no canal visual.

As pessoas, quando atuam nesse canal, têm a apresentação de sua imagem sempre valorizando o conforto, sendo que às vezes há uma estética unindo o conforto com o bonito.

Porem, o conforto vem em primeiro lugar!

Identificar como cada pessoa prefere se comunicar e ter a disponibilidade para flexibilizar-se no movimento do outro, como é feito na dança é magnífico!

Para ambos os lados envolvidos em uma comunicação, esse respeito será sempre valorizado e poderá gerar uma linda dança entre duas pessoas!

Márcia Dolores Resende

 



Últimos comentários (0)

Deixe um comentário

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

perfil

Márcia Dolores é diretora do Instituto de Thalentos, ministrante de palestras relacionadas em questões pessoais e profissionais das mulheres, responsável pelos métodos desenvolvidos como: Atendimento psicoterápico com PNL, Hipnose Ericksoniana, Psicologia Transformacional e Processos de Coaching. www.facebook.com/marcia.d.resende twitter.com/marciadololores marciadoloresrezende.blogspot.com.br br.linkedin.com/pub/márcia-dolores-resende/16/179/ab9

Erro ao estabelecer uma conexão com o Banco de Dados