» estriasLigia Kogos

Cicatrizes de acne

by ligia kogos em 6 de abril de 2009 | 21:00

As marcas deixadas pela acne afligem mulheres de todas as idades. Muita coisa já surgiu para apagar estas cicatrizes, mas um dos métodos mais efetivos é o chamado "preenchimento". Consiste em substâncias que, injetadas diretamente nas cicatrizes profundas, levantam a pele no local, fazendo com que as marcas indesejáveis desapareçam ou se tornem menos visíveis.

Há vários materiais disponíveis, tanto temporários como definitivos. Estes preenchimentos são muito vantajosos pois não sacrificam com descamações violentas, não exigem proteção solar severa e as outras pessoas não percebem que alguém está se submetendo a tratamentos, notam apenas a melhora.

Outras medidas que podem atenuar e superficializar as marcas são:

- Uso freqüente de ácido retinóico em concentrações suaves a serem usados pela própria paciente sob orientação da dermatologista. Além da descamação leve que refina a pele, a proliferação de colágeno resultante superficializa progressivamente as marcas

- Peelings de ácidos mais fortes, como ATA, resorcina e retinóico em altas concentrações, de acordo com a cor, tipo de pele e a profundidade das cicatrizes. Têm bons resultados, causam descamação mais intensa e visível por um período que varia entre sete a 30 dias.

- Quantum (luz intensa pulsada + laser) – Este sofisticado equipamento emite radiação luminosa que estimula a formação de colágeno e diminui significativamente marcas e manchas.

Leia também:

Acne: vergonha na cara – Adultos também são vítimas dessa doença de pele.

Segredos do Oriente (VÍDEO) - Descubra como a medicina chinesa pode deixar a sua pele linda.

Você sabe cuidar da sua pele? – Faça o teste AQUI e descubra!

Coceira no corpo

by ligia kogos em 23 de março de 2009 | 21:00

Há muitas causas possíveis para se ter coceira no corpo: alergias, reação a medicamentos, doenças gerais, distúrbios leves ou graves de nossa saúde, infestações por parasitas e, é claro, as picadas de insetos. Mas um dos motivos mais comuns é o ressecamento da pele.

Este ressecamento pode ocorrer tanto por fatores individuais, como pelas condições climáticas, como baixa umidade do ar, frio, sendo possível conseqüência de hábitos tais como banhos mais quentes e longos quando a temperatura está mais fresca. Nossa pele perde parte de sua lubrificação natural, pode chegar até a descamar levemente, ficando com aspecto áspero e seco. Essa espécie de renovação mais rápida ocasionada pelo ressecamento faz com que apareça a sensação de coceira. O ato de coçar, por sua vez, agrava ainda mais a agressão sofrida pela pele e podem surgir áreas de verdadeiro eczema com placas vermelhas, muito secas e irritadas.

‘Procure usar sabonetes suaves e com poder umectante, evite esfregar com bucha as áreas irritadas e capriche na hidratação logo após sair do banho

É freqüente a coceira pós-sol, que vem junto com o descascamento da pele, quando se passou dos limites no banho de sol. Mas não é difícil eliminar o problema. Procure usar sabonetes suaves e com poder umectante, evite esfregar com bucha as áreas irritadas e capriche na hidratação logo após sair do banho, assim você não precisa sacrificar seu momento de prazer diminuindo a temperatura da água. Aplique hidratantes encorpados à base de uréia, silicones, dimethicones, germe de trigo, óleo de avelã, de uva, manteigas, alantoina, pantenol.

Outras causas possíveis de coceira podem estar relacionadas às alergias, tanto a roupas, perfumes, bijuterias, tintas, sabonetes, como as alergias a alimentos e medicamentos. Doenças que merecem muito cuidado, como hepatites, tumores e infecções, também podem causar coceiras.

Assim, se a coceira persistir e não ceder facilmente, a providência correta a ser tomada é procurar um dermatologista que poderá receitar cremes de corticóide ou diagnosticar outras alterações.

Pelo encravado

by ligia kogos em 2 de março de 2009 | 21:00

Muitas moças se perguntam desesperadas por que os inexoráveis pelos encravam logo que passam alguns dias da última depilação? Como se não fosse suficiente a chateação dos pelos presos sob a pele, o que dá vontade de largar o que se tem pra fazer e ficar com uma perigosa agulhinha desencravando tudo, ainda aparecem as bolinhas vermelhas, com pontos de pus e irritação. Estariam usando cera contaminada ou depilando de maneira errada?

Nada disso. Como a depilação representa uma pequena agressão à pele, há uma reação inflamatória nos folículos – pequenos poros por onde emergem os pelos. Eles se tornam mais espessos e cobertos de queratina, que constitui a camada de células mortas, dificultando a emergência do pelo, resultando no encravamento, nas bolinhas vermelhas e irritadas.

As ceras depilatórias são as que mais causam encravamentos, tanto pelo arrancamento brusco, como pela irritação que a pele desenvolve com a adesão e posterior descolamento da cera na superfície, que funciona como um minipeeling, ligeiramente agressivo.

‘Se tiver que desencravar à força alguns dos pelos rebeldes, só o faça após uma leve abrasão com a bucha vegetal ou de espuma levemente áspera, para facilitar a tarefa.

Use bucha vegetal com sabonetes de ácido salicílico no banho, passada na região afetada. Hidratantes com uréia e ácido glicólico ajudam muito a refinar a pele, assim como cremes medicinais à base de corticóides suaves receitados por dermatologistas. Outro truque útil é alternar o método depilatório, experimentando opções como aparelhos elétricos de arrancamento por tração (não como barbeadores, mas os que enroscam e arrancam os fios) e mesmo depilação com lâmina, com creme hidratante ou sabonete líquido como deslizante, para descansar da cera. Considere a possibilidade de depilação definitiva com laser se o problema for intenso.

Após a depilação, seja com que método for, passe um hidratante agradável, de preferência com uréia e alfa-hidróxiácidos (AHA) para ajudar a refinar a pele, minimizando o encravamento. Se tiver que desencravar à força alguns dos pelos rebeldes, só o faça após uma leve abrasão com a bucha vegetal ou de espuma levemente áspera, para facilitar a tarefa.

Depois de uma depilação difícil, onde ocorreu alguma irritação, se tiver que tomar sol, passe um filtro solar FPS 15, para evitar que algumas zonas fiquem manchadas e se bronzeiem de maneira não homogênea.

Anabolizantes: armadilha perigosa

by ligia kogos em 15 de dezembro de 2008 | 21:00

Muitas mulheres, ansiosas por definir a musculatura do corpo, exibir abdômen durinho e coxas esculturais livres de celulite, caem na perigosa armadilha dos anabolizantes. Na maior parte das vezes, tomam os complexos que prometem aumentar a massa muscular sem pensar muito nos efeitos colaterais que estas misturas de hormônios masculinos e vitaminas podem causar, inclusive para a pele e cabelos.

Não se deixe iludir por pessoas que lhe dizem que nada de mal pode acontecer! É fácil perceber os sinais de que as tais drogas estão provocando estragos: pele oleosa no centro do rosto e ressecada nas laterais, espinhas grandes e doloridas na região do queixo e pescoço, e a testa pode parecer um "raladorzinho" com pontinhos ásperos.

‘Temos resultados desastrosos, tanto do ponto de vista estético, quanto da saúde em geral, com risco de hipertensão arterial, infertilidade e até infarto!

Além disso, os ombros e o colo ficam com toque grosseiro, irregular, cheios de bolinhas vermelhas e imperfeições que parecem que nunca mais vão desaparecer. No bumbum, surgem espinhas e pelinhos encravados que estragam o prazer de exibi-lo devidamente "malhado" nos biquínis…

Os cabelos, então, começam a cair de maneira alarmante, especialmente no alto da cabeça e na fronte, perdem o volume e ficam sujos mais rapidamente, parecendo pesados e sem balanço. Pêlos novos surgem e os antigos podem engrossar, tanto no corpo como no rosto!

É este o alto preço que se paga pelos anabolizantes.

Em alguns casos, cápsulas de hormônios masculinos, como a Oxandrolona, podem ser ministrados sob a estrita vigilância do médico dermatologista, endocrinologista ou ginecologista, em doses mínimas e por tempo limitado, para se obter algum benefício. Assim, lançando mão desta prescrição, é possível diminuir a celulite com mais rapidez, ou tratar algum distúrbio hormonal ocasional. Mas é muito diferente quando há a indicação e o acompanhamento cuidadoso do médico, pois este ficará atento aos distúrbios e efeitos indesejáveis que possam ocorrer, e julgará o "custo-benefício" desta conduta, valendo-se de seu conhecimento e bom senso.

No entanto, lamentavelmente, na maioria das vezes, esses medicamentos são recomendados por maus treinadores físicos, personal trainers ou palpiteiros de academia. E aí temos resultados desastrosos, tanto do ponto de vista estético, como já vimos, quanto da saúde em geral, com risco de hipertensão arterial, infertilidade e até infarto!

Pense bem: exercícios e dieta farão maravilhas por seu corpo, sem sacrificar sua feminilidade, sua saúde e a preciosa beleza da pele e cabelos.

Dieta da beleza

by ligia kogos em 1 de dezembro de 2008 | 21:00

Não é bom saber que alguns alimentos que fazem parte do nosso dia-a-dia (ou deveriam fazer), além de gostosos, servem para nos "embelezar"? Eles deixam nossas peles mais vivas e viçosas, nossos cabelos mais fortes… E agem assim, ingeridos, sem dar trabalho, simplesmente fazendo parte das nossas refeições.

Claro que devemos usar o bom senso e variar um pouco cada uma dessas fontes de beleza natural – afinal, todo exagero pode ter um efeito inesperado. Mas vale a pena termos em mente e em mãos a lista desses alimentos "mágicos" e seus respectivos benefícios, para nos animarmos a ter uma alimentação mais saudável!

Seguem, abaixo, alguns dos principais alimentos que devem entrar em nosso cardápio:

Couve, brócolis, rúcula, espinafre, almeirão, todas as folhas verdes – contêm anticancerígenos naturais, favorecem o viço e a normalização da pele, regularizam irritações e dermatites.

Feijão, lentilha, folhas verde-escuras e fígado – ricos em ferro, previnem a anemia, melhorando a palidez, e deixam cabelos e unhas mais fortes. Se forem ingeridos associados a frutas ricas em vitamina C (laranja, limão, acerola, caju, por exemplo), os benefícios são ainda maiores.

Mamão, cenoura, pimentão, abóbora – este grupo é rico em vitamina A. São os de cores amarela e alaranjada, ótimos para regular a pele áspera, melhorar as bolinhas da testa, braços, coxas e bumbum, diminuir a tendência a espinhas e cravos, e combater irritações crônicas.

Abacate - contém glutation, antioxidante que reforça o sistema imunológico, além de vitamina A, vitamina C e cálcio. Assim, esta deliciosa fruta age contra o envelhecimento, fortalece cabelos, combate o ressecamento das pernas, braços, mãos e rosto, favorece a renovação da pele, melhora ossos e unhas. Só tome cuidado para não o consumir com muito açúcar, pois se torna muito calórico.

Azeite de oliva extravirgem - contém vitamina E, potente antioxidante, diminui o ressecamento da pele do corpo e rosto, melhora cicatrização, além de acalmar dermatites, caspa e inflamações.

Soja - pode ajudar a dar firmeza à pele do corpo e rosto.

Tomate, melancia - ajudam a manter o bronzeado e são ricos em licopeno (bioflavonóide), que age contra o desgaste natural.

Castanha-do-pará – rica em selênio e Vitamina E , combate o envelhecimento, sendo antioxidante, e melhora também o ressecamento da pele e cabelos. Só não exagere na quantidade, já que possui muitas calorias.

Cenoura - mantém o bronzeado, ajuda a deixar a pele lisa e equilibrada. Contém betacaroteno , vitamina A e E.

Leite - fortalece os ossos, favorece a boa postura e a força muscular, e deixa as unhas fortes.

Laranja, limão, tangerinas – ricos em Vitamina C, favorecem a imunidade, a resistência aos danos solares, e torna a pessoa menos vulnerável a hematomas e equimoses.

Peixes - são ricos em proteína, fósforo, potássio, cálcio, selênio, fortalecem músculos, ossos e dentes, contribuem para a firmeza da pele do rosto e corpo, cabelos e unhas, e aumentam a imunidade.

Frango (sem pele) – fonte de proteína, zinco, cobre (minerais antioxidantes) e ferro, pode fortalecer cabelos, unhas e pele.

Brócolis – rico em flavonóides, vitaminas do complexo B, cálcio, ferro e magnésio e fibras, retarda o envelhecimento, combate a fadiga e a anemia.

Clara de ovo - fonte de proteína, favorece a firmeza da pele, cabelos e unhas.

Mocotó, gelatinas, tutano, ossos de boi e galinha – ricos em colágeno, favorecem a firmeza da pele, deixam unhas e cabelos bem mais fortes e combatem a celulite e a flacidez, pois a pele que recobre nossas gordurinhas torna-se mais rígida ("durinha").

Mamão, abóbora, cenoura – por conterem betacaroteno, favorecem a manutenção do tom bronzeado, e ainda protegem de queimaduras solares.

Disfarçando as estrias

by ligia kogos em 17 de novembro de 2008 | 21:00

Muitas de nós já nos desesperamos na hora de vestir o biquíni, momento fatídico em que descobrimos essas danadinhas bem ali, na lateral dos quadris e coxas, fazendo um ondulado estranho que parece mais nítido com a pele bronzeada. São as famosas estrias, zonas de pele atrofiada, resultado da ruptura das fibras elásticas da pele.

Elas aparecem como lesões avermelhadas ou esbranquiçadas, alongadas, com superfície fina e enrugada, que não se bronzeiam com o sol. São freqüentes na região dos quadris, mamas, coxas, costas, sem falar naquelas maiores que aparecem na barriguinha, depois de uma gravidez em que se engordou demais.

‘Enquanto lança mão dos truques, não deixe de usar um creme especial para estrias, de preferência à base de ácido glicólico, que pode ser usado mesmo no verão, para ir realmente tornando-as mais apagadas e menos visíveis

Você já talvez tenha ouvido falar ou lido sobre elas, já sabe que a cura total infelizmente não existe. Mas há recursos capazes de fazerem com que as estrias se tornem menos evidentes, menos visíveis, quase apagadas mesmo, usando ácidos como o retinóico e o glicólico e também equipamentos do tipo laser, como o Quantum, e injeções de preenchimentos delicados. Para preveni-las, é importante nunca engordar demais, além de usar hidratantes potentes no corpo nas fases críticas, como adolescência, gravidez e nos períodos em que aumentamos de peso.

Mas agora o foco é disfarçá-las de maneira rápida, urgente, para enfrentar a platéia…

- Os auto-bronzeadores ajudam muito a disfarçar a estrias, pois conseguem dar um tom dourado naquela área que normalmente não se bronzeia. Aplique por três ou quatro dias, para obter um "bronzeado" bonito. Depois, faça uma manutenção aplicando uma vez por semana para manter a cor. É bom lembrar que em peles douradas, o bronzeado fica melhor, pois a coloração que esses produtos conferem combinam com esse tipo de pele.

As peles muito brancas, rosadas, podem ficar um tanto amareladas, além de qualquer mau espalhamento do creme aparecer mais. Para estas pessoas mais brancas, o ideal são os auto-bronzeadores mais fracos, suaves, pois bronzeiam lentamente e dá tempo de corrigir os "erros". Lembre-se de que após algumas horas da aplicação, sente-se um leve cheirinho característico da proteína que se forma na pele, mas geralmente ninguém mais percebe, só você. Há vários disponíveis no mercado atualmente.

- Maquiagem pode parecer estranho, mas em caso de desespero ou perfeccionismo, pode ser usada, sim, desde que com habilidade para que ninguém perceba. Aplique um creme hidratante ou mesmo seu bronzeador com filtro, misturando na região crítica um pouco de base no tom de sua pele ou um pouco mais escuro. Experimente bases de alto poder de permanência, à prova d'água.

- Enquanto lança mão dos truques, não deixe de usar um creme especial para estrias, de preferência à base de ácido glicólico, que pode ser usado mesmo no verão, para ir realmente tornando-as mais apagadas e menos visíveis.

- Se você quer mesmo rápida e diminui-las eficientemente, considere a possibilidade da terapêutica injetável com ácido hialurônico especial, reticulado, que em alguns minutos, inserido com agulhas finas e delicadas sob a pele, entremeado nas estrias, consegue rapidamente um efeito liso e homogeneizador, durando cerca de um ano. As desvantagens são os preços mais altos e a possibilidade de pequenos hematomas que duram uma semana. A vantagem é que o efeito é praticamente imediato e há bom estímulo da produção de colágeno pelo próprio organismo, com melhora efetiva das estrias a longo prazo.

Mas não se esqueça, não fique achando que todo mundo na praia está de olho nas suas estrias. É bem provável que ninguém esteja nem notando. Jamais fale nelas e concentre-se em passar a impressão de "beleza do conjunto", sorrindo, sendo simpática e caminhando com elegância e graça….

Espinhas nas costas

by ligia kogos em 4 de maio de 2008 | 21:00

Coloca-se um belo vestido com as costas à mostra e lá estão elas para atrapalhar! Espinhas vermelhas, pontos de pus, manchas cor de vinho e até marrons, cravos pretos… Momento de desespero e indecisão: troca-se o vestido, ou tenta-se esticar o braço para passar um pó, uma base para esconder tudo? E se ficar pior, sujando a roupa, ainda por cima? As costas podem até chamar menos atenção que o rosto, mas este tipo de acne não deixa de ser um problema aflitivo para muitas mulheres.

A notícia animadora é que o tratamento é fácil e rápido. Para isso, basta falar com o dermatologista, que logo resolverá o caso.

‘Como a pele das costas é resistente, menos propensa a alergias e menos exposta ao sol e à visão das outras pessoas, fica mais fácil entrar com um tratamento prático, de efeito rápido

As espinhas e marcas podem aparecer em qualquer idade, sendo mais freqüente dos 18 aos 40 anos. A causa geralmente é a mesma da acne tradicional: excesso de oleosidade, bactérias e ação hormonal, mas pode se agravar com a dificuldade natural de se lavar eficientemente a região.

Como a pele das costas é resistente, menos propensa a alergias e menos exposta ao sol e à visão das outras pessoas, fica mais fácil entrar com um tratamento prático, de efeito rápido, que possa promover a desobstrução dos poros, a cicatrização das lesões e uma boa descamação da pele, para que as marcas desapareçam o quanto antes.

Para isso, nós dermatologistas usamos loções líquidas contendo vários ativos ao mesmo tempo, para facilitar o tratamento. Estas formulações contêm: antibióticos (clindamicina, ou eritromicina), ácidos (salicílico, glicólico ou retinóico), refinadores (resorcina), clareadores (hidroquinona), antiinflamatórios etc.

Em vários casos, usamos também antibióticos via oral ou isotretinoina, para a obter a solução definitiva e absoluta do problema.

Aplicações de luz, as famosas LED, fotobiomodulação, como a Blue Light ou Red Light, podem desinflamar e "limpar" as costas em tempo relâmpago, fazendo com que, em cerca de uma semana, já se possa pôr sem medo qualquer roupa decotada. São banhos de luz emitidos por um equipamento (MultiWaves, GentleWaves), duram cerca de 20 minutos, e são indolores e sem nenhum efeito colateral.

Peelings de força média podem atingir marcas mais resistentes, com pouco incômodo, provocando descamação exuberante que dura cerca de sete dias, dando lugar, enfim, à pele lisa e clara.

A exposição ao sol pode melhorar um pouco as costas que estejam muito inflamadas com nódulos e espinhas vermelhas. Mas, cuidado! Se ficar em exposição excessivamente, pode até desencadear erupção de pequenas bolinhas vermelhas por todo o dorso e ombro, a conhecida acne solar.

Para quem tem tendência de ter sempre uma espinhazinha, alguns cravos ou bolinhas ásperas nas costas, não se deve deixar de usar no banho uma escova de cabo longo, que facilite a aplicação de sabonete que contenha enxofre, ou sulfacetamida, ou ácido salicílico, para poder ostentar a pele sempre limpa e macia. É uma medida simples e rápida que auxilia muito na beleza das costas, parte tão sedutora nas mulheres.

Colo perfeito

by ligia kogos em 2 de dezembro de 2007 | 21:00

Quem vê um rosto bem cuidado vai descendo, vai descendo e… espera encontrar um colo liso, sem manchas, enfeitando o decote! Para isso, não se deve esquecer alguns cuidados importantes, sob pena de se ostentar um colo ressecado, desgastado, com manchas escuras e claras, além de ruguinhas bem ali, entre os seios.

Lave diariamente com esponja e sabonete para que não apareçam bolinhas, asperezas e espinhas. A seguir, hidrate com loção cremosa não gordurosa que contenha uréia, lactatos e silicones suaves. Proteger-se do sol na praia, piscinas e caminhadas é importantíssimo, use fator de proteção de FPS 15 no mínimo, e não se preocupe, pois o bronzeado virá! À noite, aplique no colo cremes à base de alfa hidroxiácidos (AHA), ou seja, ácido glicólico ou de frutas, para refinar, suavizar e homogeneizar as manchas. As fumantes devem considerar seriamente a opção de parar, a nicotina consome o colágeno e prejudica o fluxo sanguíneo no local. Outro bom hábito de beleza é dormir retinha, em posição de Bela Adormecida, por algumas horas por noite, para que a pele do colo não acorde "amassada". Parece difícil para quem gosta de dormir de bruços ou de lado, mas aos poucos vai se adquirindo o jeitinho.

‘No caso de haver urgência em resolver o problema, existe agora um hidratante injetável, feito de ácido hialurônico, substância já existente entre nossas células e com grande capacidade de reter água

Se já existirem marcas e rugas visíveis e resistentes aos cremes, os dermatologistas socorrerão com ácido retinóico em peelings suaves. No caso de haver urgência em resolver o problema, existe agora um hidratante injetável, feito de ácido hialurônico, substância já existente entre nossas células e com grande capacidade de reter água. Injeta-se com agulhas delicadíssimas este gel fino e transparente diretamente nas zonas mais ressecadas e marcadas do colo. O resultado é praticamente imediato, melhorando ainda mais nos dias que se seguem: toda a área fica hidratada e firme, efeito que dura cerca de seis a oito meses, já que há estímulo do colágeno. Cremes anestésicos são suficientes para que as injeçõezinhas sejam bem suportáveis e o único inconveniente é a possibilidade de pequenos hematomas, manchinhas roxas, que duram uma semana.

Assim os decotes, tão femininos, poderão emoldurar belos colos, sempre frescos e intactos.

Beleza de grávida

by ligia kogos em 29 de julho de 2007 | 21:00

Durante a gravidez a mulher se encontra embebida em hormônios, com isso seu organismo assume um aspecto peculiar e especial. Os seios crescem em tamanho e se tornam mais firmes. Os lábios ficam mais cheios, os cabelos tendem a ficar mais bonitos e volumosos, os olhos se tornam mais brilhantes pela ação hormonal, assim como o rosado das faces.

De fato, a natureza trabalha para que a "fêmea" se torne especialmente atraente para o "macho" nesta fase, justamente para que ela possa mantê-lo ao seu lado durante os nove meses, protegendo e amparando-a a si e ao futuro bebê. Modismos à parte, é inegável que uma moça de lábios cheios, cabelos volumosos, busto proeminente, olhos brilhantes e faces rosadas é basicamente atraente ou, pelo menos, era para o homem normal!

‘Chame atenção para os pontos fortes, ao invés de reclamar da silhueta. Capriche nos decotes, já que o busto e colo adquirem uma beleza especial nesta fase

Entretanto, alguns aspectos merecem especial atenção.

A grávida tem mais sensibilidade à luz solar e tendência a manchas – os chamados "cloasmas". O uso de filtro solar diário FPS 12 ou 15 é importante. Na praia, piscina e caminhadas, melhor ainda usar filtro com FPS maior que 30, além de chapéus ou viseiras.

As estrias devem ser evitadas! A prevenção mais eficaz é não engordar demasiadamente, não mais que 12 kg. Recomenda-se o uso de hidratantes potentes, contendo ativos altamente eficientes como uréia, silicones, colágeno, vitamina E, extratos de avelã ou macadâmia, uva, amêndoas, lactatos, entre outros, em cremes que devem ser usados diariamente nas regiões mais críticas, tais como abdômen, busto e nas laterais das coxas.

Pode haver uma tendência a cravos, poros dilatados e espinhas. Neste caso, deve-se usar loção adstringente ou tônica com algodão para aprofundar a limpeza diária, tirando os resíduos restantes de poluição, maquiagem e secreções naturais.

Exercícios moderados, autorizados pelo obstetra, ajudam muito a gastar calorias indesejadas, já que a fome é pronunciada neste período.

Proibido ou permitido?

Grávidas e obstetras freqüentemente têm muitas dúvidas quanto ao que pode ou não ser usado nesta fase tão delicada. Vale frisar as questões mais preocupantes:

1. Tinturas e reflexos podem continuar a serem usados. Os produtos modernos não contêm nada que possa prejudicar o feto. De qualquer modo, o obstetra-ginecologista é quem deve dar a palavra final, sendo sempre consultado para autorizar este tipo de procedimento.

2. Alisamentos, permanentes, escovas progressivas podem ser adiadas para evitar qualquer transtorno, já que algumas grávidas enjoam. São desaconselhados quaisquer procedimentos deste tipo que nunca tenham sido experimentados antes para evitar possíveis reações alérgicas.

3. Ácidos suaves, como o glicólico, AHA, ácidos de frutas podem continuar a serem usados sem problemas. Já o ácido retinóico, produto muito usado pelos dermatologistas para refinar e clarear a pele, deverá ser interrompido durante a gestação.

4. Maquiagem não é prejudicial e pode ser usada durante toda a gravidez, servindo inclusive como proteção física.

5. Bronzeamento artificial em camas com raios ultravioletas está proibido, devido à grande facilidade para o aparecimento de manchas escuras, tanto no rosto como no corpo. Já os autobronzeadores em cremes e sprays estão liberados!

6. Depilações podem continuar normalmente. Evite a cera no rosto, devido à chance de manchas, especialmente no buço! Os pêlos existentes podem ser retirados sem perigo com pinças.

7. Saltos altos não estão proibidos para as mais treinadas, mas podem ser prejudiciais para as que não têm prática ou usam muito pouco. Equilibre o uso do salto com períodos de descanso em casa, usando pouco ou nenhum salto.

8. Queda de cabelo após o quarto mês do nascimento do bebê costuma assustar boa parte das mamães. Os dermatologistas receitam cápsulas à base de proteínas e loções à base de progesterona e corticóides suaves, pingados diariamente no couro cabeludo por cerca de dois meses até que o problema cesse.

9. Os cabelos ficam mais bonitos e volumosos. Quem faz escova nota que esta dura um tempo maior. Os cabelos crespos assentam com mais facilidade e não ficam tão elétricos. É a hora de aproveitar e deixar os cabelos soltos e longos, chamando o foco de atenção para a parte de cima.

10. Os lábios ficam bem mais volumosos e muito "sexies"! Podem ressecar mais e apresentar peles levantadas. Use os protetores hidratantes labiais, batons incolores com Vitamina E e silicone.

11. Chame atenção para os pontos fortes, ao invés de reclamar da silhueta. Capriche nos decotes, já que o busto e colo adquirem uma beleza especial nesta fase. Use os hidratantes que contenham óleos nesta área para deixar a pele brilhante e ainda mais chamativa!

perfil

Ligia Kogos é dermatologista, formada pela Escola Paulista de Medicina – Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) – e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Medicina Estética e diretora da Clínica Ligia Kogos de Dermatologia.

Erro ao estabelecer uma conexão com o Banco de Dados